22 de janeiro de 2014

Um alguém que um dia já foi mais alguém que você!

Como julgar o valor de alguém, como testar o respeito, criticar o caráter? Todas as pessoas estão sujeitas a errar, você com certeza já errou com alguém. De onde vem sua moral em julgar outro então?
Não vou mentir, eu guardo calada comigo minhas histórias e pensamentos mais profundos e nem mesmo aqui eu os escrevo. São sentimentos profundos que eu necessito jogar para fora mas nada que uma folha velha e uma caneta não resolva.

Foi feito uma bomba, eu estive  mantendo- longe por um bom tempo, mas sabia que por mais longe que eu conseguisse coloca-la, quando explodisse,  iria ferir a nós dois. Eu espero que as faíscas do fogo não tenha acertado em cheio nosso coração e espero que o tempo consiga cicatrizar cada arranhão que nos atingiu.

Eu posso dizer que eu conheço esse sentimento que cuido comigo, que venero, que amo... E posso dizer que ele é muito frágil, se faz de forte, mas sofre, e guarda coisas com ele, dentro dele! Foi exatamente ali, bem lá dentro que esse sentimento trancou uma triste mágoa. E minha razão está dando apoio em mante-la em carcere privado! Eu não posso fazer nada quanto a isso, não agora.

Minha razão sempre se encaixou muito bem no lugar e sempre agiu muito bem, nunca desceu escadas pelo contrário, apenas subia, passando por cima de todas as pedras que estavam no caminho. Acontece que um belo dia, alguém resolveu tacar uma dessas pedras e acertou em cheio. A razão está de mãos dadas com o sentimento chamado amor, que nesse momento guarda uma mágoa, causada por um alguém que um dia já foi mais alguém que você!

Me acompanhe nas redes sociais:

17 de janeiro de 2014

Fiel inimigo para sempre!

Isso é fraqueza tua, aprende a ser homem, pois muito homem de trinta anos tem a mentalidade de um adolescente de 17 e muito garotinho de 17 tem a maturidade de um homem de 30, tu se perdeu no tempo, não tem caráter e abusa de um poder. O poder da voz, o poder do grito, o poder da agressão. Merda! Você é um grande merda!

Deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar. Você deixou sequelas dentro de mim, eu amadureci precocemente, não acredito nos irmãos, fiquei desamparada, tu queria me ver de baixo da ponte, jogou minhas roupas muro a fora, eu vi, todos viram. Queria me ver assumir a própria responsabilidade jogando na minha cara que com 13 anos eu chegaria em casa com outra vida dentro de mim.

Merda, você é um grande merda! Sua pele de afro e altura de americano não me assustam mais, eu sei, você me deixou com sequelas e hoje com meus poucos vinte anos de vida eu continuo acordando pelas madrugadas suando frio, imaginando sua presença me sufocando com palavras, quebrando tudo ao meu redor e vindo pra cima de mim.

Porém, agora corre! Corre porque hoje eu estou enlouquecida, você mudou minha vida e ela não foi do jeito que eu quis, não é pra ninguém, mas as mudanças da minha foram culpa sua. Deus manda perdoar, está certo, mas continuo te achando um merda! Acho bom você correr, pois hoje me sinto mais mulher e se com 12 anos eu empinei meu nariz pra você e esse foi o motivo de você me odiar, prepare-se para me odiar ainda mais! Hoje eu faria PIOR.

As marcas do trauma que eu sentia eu mesma apaguei, já falei, eu sou minha própria psicologa e nos pesadelos diários em que eu corria de você desesperadamente, chorando e aclamando socorro, hoje eu volto e levanto a cara! Cachorro que late não morde e se você sabe latir eu também sei! Deixa eu me superar, deve fazer uns 5 anos e agora é que eu comecei a conseguir encarar esse pesadelo.

''Venha, vamos resolver nossos desentendimentos, deixa eu te contar tudo o que eu acho de você, tudo o que você fez comigo, como me senti e como me sinto. Puxa um copo de cerveja, vamos por as cartas na mesa e vira-las todas agora. Dente por dente e olho por olho, vamos manter o respeito''

Tuas marcas ainda estão aqui e Deus mandou eu perdoar aqueles que tenham me ofendido, porém ainda estou na fase ''passar por cima daqueles que me ofenderam'', então procuro ''eles'' mas só encontro você, fiel inimigo, para sempre!

Me acompanhe nas redes sociais:

6 de janeiro de 2014

Graças a deus ou não, foi tudo um sonho que eu tive!

Eu senti meu celular vibrando, ele costuma ser bastante escandaloso e por mais que meu sono seja pesado, conseguiu me tirar dele, fiquei curiosa para saber o que queriam comigo e assim que desbloqueei a tecla vi que eram 3 horas da madrugada. ''Porque alguém viria falar comigo aquela hora?''

Lá estava aquele sinal verde no alto do meu papel de parede, ja com muita ansiedade cliquei e quando vi de quem se tratava senti meu coração sobrecheio, não sei se de raiva, de medo ou de felicidade. Analisei por alguns minutos aquele simples: ''oi, vc está acordada?''

Nesses  minutos acabei -infelizmente, lembrando do mal que você vem me fazendo, então tentei ser estúpida tanto quanto e respondi: ''to, fala!'' Convenhamos que, se eu quisesse ser como você, eu na verdade apagaria a sua mensagem e não lhe responderia nada, mas a verdade é que essa não seria eu.

Você veio me contando uma história meio louca sobre uns amigos seus e me disse que não estava em casa, que precisava de ajuda e que no fundo estava com saudade, me mandou três fotos minhas de quando eu era criança e me disse que encontrou na casa de um conhecido em comum nosso, você disse que achou as fotos fofas, que eu fui uma linda criança linda e sou uma mulher maravilhosa!

Fala sério, você estava mesmo ''dando'' em cima de mim as 3 horas da madrugada em uma quinta feira sem sentido? Olhei a data mas o dia 3 não me indicava nada, li e reli suas mensagens procurando um sentido para tudo aquilo e apenas perguntei: ''Por que está falando comigo agora?' Ainda estou esperando sua mensagem de feliz ano novo, ou apenas um: desejo tudo em dobro pra você!''

Me deixando mais uma vez sem palavras fui obrigada a ler: ''Eu não quero trazer problemas para você, nem para mim, achei que essa hora seria a mais cabivel para nós dois, so quero te dizer que eu continuarei sumindo e fugindo de você, mas estou com saudades, porque na verdade adoro quando você vem atrás de mim!''

Fiquei horas encarando o celular, senti uma lágrima escorrer, balancei a cabeça negativamente e então apaguei a conversa, dessa vez quem irá bloquear sou eu! Respirei fundo e com o coração na mão abri os olhos! É, não sei se foi pior ou melhor, mas graças a Deus percebi que o quarto estava escuro e tudo aquilo não passou de um sonho estranho que eu tive!
Obs: texto inspirado em fator reais!

Me acompanhe nas redes sociais:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...